Notícias

SAMAE reitera a necessidade de livre acesso ao hidrômetro para a leitura do consumo mensal

DIREITOS E DEVERES
SAMAE reitera a necessidade de livre acesso ao hidrômetro para a leitura do consumo mensal
Araranguá
O hidrômetro de água é o aparelho de precisão que mede e registra o consumo de água, conhecido também como medidor ou relógio. O hidrômetro serve para uma calcular o valor da tarifa de acordo com base no que foi consumido. Pode-se afirmar também que o também evita desperdícios e colabora com a preservação do meio ambiente.
Entretanto, existem situações pontuais, onde o servidor do SAMAE não consegue realizar a leitura correta do aparelho. Isso pode ocorre por diferentes motivos, como falta de acesso, portão fechado, cachorro feroz solto no pátio, hidrômetro travado, embaçado ou violado, etc.
Sem poder chegar até o hidrômetro, os consumidores recebem uma fatura com acréscimo de consumo de um mês para outro, o que pode causar surpresa. A situação, no entanto, é factível e pode ocorrer sem ferir nenhum direito do consumidor. Não se trata de nenhuma multa ou cobrança indevida por um serviço não utilizado; ao contrário, essa variação repentina ocorre da falta do cumprimento de deveres por parte do usuário em não permitir a correta leitura do equipamento. Quando o registro não é possível, o valor gerado será calculado com base na média de consumo dos últimos meses. No momento em que a leitura voltar a ser efetuada por meio do medidor, poderá haver uma diferença entre o registro indicado no hidrômetro e o consumo médio lançado nas últimas contas. Essa diferença, então, será lançada na próxima fatura.
Outro fator é que, a exemplo de muitos equipamentos, os hidrômetros de água também possuem engrenagens e partes que sofrem desgastes ao longo do tempo. E isso prejudica uma medição correta. Ao verificar essa avariação, o usuário deve solicitar a substituição do equipamento.
Além disso, é importante adotar cuidado com a conservação do hidrômetro, pois violações, furtos ou adulteração podem gerar a multas e até outras penalidades legais, havendo inclusive a possibilidade de configuração de crime.
Veja algumas sugestões para evitar problemas:
• Quando fizer a instalação da rede, o hidrômetro deverá ficar em um local visível, facilitando o acesso à leitura mensal.
• Certifique-se de que nenhum obstáculo como muros, grades, plantas, lixeiras entre outros impeçam a leitura do hidrômetro pelo lado de fora da residência.
• Caso seja impossível ler o relógio pelo lado de fora, certifique-se de que haverá alguém em casa.
• Disponibilizar caixa de Correio visando evitar o extravio das faturas.
• Certifique-se para não haver cães soltos no quintal.
Quando esses fato ocorre, na sua fatura emitida pelo SAMAE, há uma notificação de ocorrências alertando de que, não foi permitida a leitura, e assim, o consumo foi gerado pela média. Por este motivo, solicita-se que os consumidores garantam o acesso ao hidrômetro no momento da leitura. O SAMAE está à disposição de todos os consumidores para esclarecer dúvidas sobre suas faturas, auxiliar na regularização dos hidrômetros. ( 43) 3524-0837.

Outras Notícias