Notícias

A importância da ligação correta na rede de esgotamento

SANEAMENTO
SAMAE orienta sobre importância da ligação correta na rede de esgotamento

Araranguá

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) orienta a população de Araranguá para que efetue o procedimento correto no momento da ligação de esgoto predial. O objetivo é diminuir a possibilidade de conexões equivocadas, que geram diversos problemas tanto para o morador quanto para a rede pública.
Do Tudo de Inspeção e Limpeza (TIL) até a edificação, a ligação é de responsabilidade do proprietário. O morador precisa ficar atento para a tubulação interna, que deve possuir caixa de gordura e subcoletor para esgoto cloacal separado da drenagem pluvial de calhas, pátios ou terraços.
Ligações incorretas de esgoto também causam problemas como mau cheiro e contaminação do ambiente, facilitando a proliferação de doenças como: verminoses, cólera, hepatite, entre outras, devido ao esgoto que corre nas vias públicas e muitas vezes no interior de residências.

Amparado por lei
A Lei Federal nº 11.445/07, também conhecida como Lei do Saneamento Básico aborda o conjunto de serviços de abastecimento público de água potável; coleta, tratamento e disposição final adequado dos esgotos sanitários; drenagem e manejo das águas pluviais urbanas, além da limpeza urbana e o manejo dos resíduos sólidos.

Fiscalização mais rigorosa
“Sobram motivos que justificam a importância de realizar a ligação na rede de esgoto do SAMAE, afirma o diretor geral da autarquia, Jairo do Canto Costa, Jairinho. Ele revela que o SAMAE avalia a possibilidade de contratar uma empresa para realizar a fiscalização quanto a ligação na rede de esgoto. “Consolidando este projeto, será possível corrigir distorções e, entre outros benefícios, também elaborar uma espécie de mapeamento da situação municipal neste setor. Isto possibilitará, por exemplo, que a Vigilância Sanitária Municipal possa autuar aqueles que não respeitam às regras, causando prejuízos à coletividade, especialmente ao meio ambiente”.
De acordo com Jairo Costa, o atual cenário é tão preocupante, que muitas vezes as pessoas adquirem residências e não sabem que devem providenciar a ligação na rede do SAMAE.
Como fazer a ligação a rede:

Já o engenheiro sanitarista do SAMAE, Everson Casagrande, Polaco, salienta que providenciar a ligação residencial é simples. Ele menciona passo a passo. Confira:
- Se a rede já possui rede coletora com tratamento de esgoto, é necessário identificar onde está a tubulação, fossa e sumidouro da residência.
- Depois disso, basta direcionar todo o esgoto e mais a saída da caixa de gordura para um único tubo coletor, que nada mais é do que um tubo que recebe todas as ligações, unindo o esgoto em um só lugar.
- O tubo coletor é um cano em declive, que serve para levar todos os dejetos até a rede coletora do SAMAE.
- Feito isso (caso exista disponibilidade) é só instalar a rede coletora do SAMAE, que fica na calçada de sua residência. Talvez seja necessário a ajuda de um encanador ou engenheiro durante o processo.

Outras Notícias