Notícias

Samae realiza palestra sobre água no Hospital Regional de Araranguá

O Dia Mundial da Água ainda está rendendo bons frutos. O tema central está sendo debatido em escolas, na mídia e faz-se um alerta mundial sobre a importância de utilizar a água de maneira racional. O momento  reflexivo contribuiu para o sucesso da palestra realizada pelo Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) na manhã desta segunda-feira, 23, no Hospital Regional de Araranguá (HRA).


Aproximadamente 50 pessoas, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem, coordenadores, auxiliares administrativos participaram da palestra. Na abertura, o analista Ambiental do HRA, Thiago Bratti, fez uma síntese sobre formas de preservação, maneiras de evitar desperdícios, como preservar as matas ciliares e a importância da destinação correta dos resíduos. “Colocar o resíduo corretamente no lixo auxilia a preservar os mananciais”, explicou.


O objetivo do debate teve como pauta a preservação do meio ambiente e ações de sustentabilidade. Em seguida, o diretor Técnico do Samae, engenheiro Mário Copetti, ministrou sobre a realidade da Cidade das Avenidas. “Temos quatro estações de Tratamento, o Açude Belinzoni abastece 70% da área urbana da cidade, Lagoa da Serra, 30%, Morro dos Conventos abastece Balneário Morro dos Conventos e as comunidades de Manhoso, Canjiquinha, Paiquerê. Já Distrito de Hercílio Luz, é responsável também por Morro Agudo, Balneário de Ilhas e uma parte de Rio dos Anjos. Atualmente temos 14 mil ligações, abastecemos entre 90 e 95% da área urbana e estamos trabalhando fortemente com a área rural, levamos água para locais que eram abastecidos com caminhão pipa”, relatou.


Sobre o Açude Belinzoni, Copetti destacou que este é considerado um aquário natural da cidade. “ A água é cristalina, são vertentes naturais que brotam da terra, a qualidade é boa, o índice de bactérias é baixo, é um grande achado do município”.


Copetti também explanou sobre tratamento de esgoto e a importância da conscientização da população sobre o assunto.


Hospital Regional de Araranguá faz análises da água


Sobre a realidade do HRA, o analista Ambiental do HRA, Thiago Bratti, afirmou que há água de poço e ponteira, separadas da água tratada da caixa d´água. “As análises são feitas mensalmente e semestralmente. Estas análises ficam disponíveis no setor de gestão ambiental. A água de poço e de ponteira não é utilizada para consumo humano”.


Para finalizar, foram distribuidos materiais educativos sobre água, esgoto e dicas de como utilizar água racionalmente. Foi entregue também copinhos de água do Samae.


 Renata Rocha 

Outras Notícias