Notícias

Aprende a fazer a leitura do seu hidrômetro!

CONSUMO DE ÁGUA
Aprenda a fazer a leitura do hidrômetro e economize

Araranguá

O hidrômetro - também conhecido como medidor ou relógio - é o aparelho instalado para registrar o consumo de água do imóvel.
Dependendo do tempo de uso e das condições de conservação, ele se desgasta, havendo a necessidade de substituição por um novo equipamento.
Exatamente por isso, um hidrômetro em boas condições é essencial para que seja feito o cálculo do valor da cobrança tarifária. Essa operação fundamenta-se na medida de metros cúbicos (m³) de água consumida.

Um leiturista do SAMAE devidamente autorizado e identificado é responsável por visitar empresas e residências para fiscalizar o funcionamento dos hidrômetros, bem como acompanhar as medições mensalmente.

Embora muitas pessoas não saibam, a interpretação da medição de consumo é simples. No hidrômetro, os números pretos indicam o volume em metros cúbicos (1 m³ = 1000 litros) e são utilizados pelos leituristas para apurar o consumo mensal. Já os números vermelhos registram o volume em litros.

Dessa maneira, quando o consumidor deseja calcular a quantidade de água utilizada, deve identificar o número da medição que consta na sua última conta de água. Depois, é preciso subtrair a medição da conta do número, que consta na leitura atual do seu hidrômetro. Para fazer essa conta, deve-se considerar apenas os números pretos, descartando os demais.

A ligação clandestina (gato), realizada pelo usuário pode ser considerada como crime de furto de água, conforme artigo nº155 do Código Penal. O valor da multa por violação do lacre do hidrômetro ou extremidades é de R$ 468,38. Já a multa por violação do ramal (cavalete), ou hidrômetro corresponde a R$ 936,78. Além disso, em caso de ocorrer reincidência na violação do ramal (cavalete), hidrômetro, lacre ou extremidades, está previsto um acréscimo de 100% (cem por cento) sobre o valor da primeira violação, e assim sucessivamente.

O SAMAE atesta a qualidade dos aparelhos instalados, mas cada usuário também é responsável pela conservação do equipamento instalado em sua residência, devendo providenciar o comunicado quando perceber a necessidade de substituição do hidrômetro.

Cada consumidor pode adotar alguns cuidados básicos que ajudam a ampliar a vida útil do aparelho, garantindo em consequência disso, precisão de suas medições.

Confira algumas dicas do SAMAE de Araranguá:

- Não coloque objetos em cima do hidrômetro, a prática pode prejudicar a medição.

- Deixe o equipamento em local de fácil acesso para leitura.

- Mantenha o hidrômetro sempre limpo.

- Nunca retire o lacre. A violação do hidrômetro é ilegal e implica em sanções previstas na lei.

- Informe o SAMAE quando perceber que o equipamento está danificado.

- Em caso de problemas com seu hidrômetro ou dúvidas sobre a atuação dos leituristas, o ideal é avisar o SAMAE (fone 3524-0837).

* Crédito da foto: Renata Rocha. Arquivo.

Outras Notícias