Notícias

Dia do Professor!

DIA DO PROFESSOR(A)!
SAMAE faz agradecimento a categoria, valorizando trajetória e atuação dos (as) profissionais

Araranguá

O advogado, líder do movimento contra o Apartheid, ex-presidente da África do Sul (entre 1994 e 1999) e vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 1993, o célebre Nelson Mandela (1918-2013) preconizava que a “A educação é a arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo!”. Pois, muitas pessoas dedicam-se a compartilhar aquilo que sabem dispostas a contribuir para mudar a vida de quem aprende. Neste contexto, destaque para os professores.

Consciente da importância da categoria, neste 15 de outubro, Dia do Professor, o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE) reverencia estes profissionais. 'Os educadores merecem nossa gratidão, carinho e respeito todos os dias. Eles literalmente fazem a diferença na sociedade. Ser professor(a) é uma vocação, um dom. Com certeza cada um de nós lembra de um professor ou professora que faz parte da sua história, pois eles atuam como educadores, orientadores, conselheiros e amigos”, comenta o diretor geral SAMAE, Jairo do Canto Costa.

GLAUBER SOARES
No SAMAE de Araranguá trabalham três professores. Glauber José Boucinha Soares (na terceira foto), é um deles. Formado na UFRGS, ministrou aulas em cursinhos preparatórios para concursos e também em diferentes escolas – entre as quais, os tradicionais colégios Futurão e Murialdo.
Desde 2008, entretanto, ele trocou as salas de aula pela profissão de auxiliar administrativo da autarquia. Antes, Glauber optara por deixar a movimentada Porto Alegre pela tranquilidade do litoral sul catarinense, fixando residência em Balneário Arroio do Silva.

PAULA REZENA
Já a docente Paula Rezena (na segunda foto) é coordenadora do Projeto SAMAE na Escola. Formada em Pedagogia pela Unopar, mãe de três filhos – inclusive uma estudante de Direito - ela entende que o projeto da autarquia desempenha um importante papel social: “O SAMAE na Escola representa uma maneira de educar e, ao mesmo tempo, ajudar a despertar a consciência ambiental tanto nas crianças e adolescentes, quanto em suas famílias, expandindo este aprendizado para a comunidade em geral”, afirma.
15 de outubro também é a data dedicada ao Educador Ambiental.

FERNANDA FERNANDES
Além de química do laboratório do SAMAE, onde atua com desenvoltura há mais de 4 anos, a química, Fernanda Fernandes (na primeira foto), concilia esta atividade profissional com estudos e atuação como docente na Escola de Educação Básica Quintino Folhiarini Dajori, situada no Bairro Presidente Vargas, no vizinho município de Içara.

A identificação de Fernanda com educação é anterior ao seu ingresso no SAMAE. Ela ministra aulas há mais de 12 anos e não esconde sua paixão pela vocação “Ser professora proporciona, entre outros fatores, a oportunidade de ensinar, aprender e aperfeiçoar-se constantemente. Ao referir-me especificamente à disciplina que leciono, sinto satisfação em ter poder repassar conhecimentos sobre Química, algo normalmente não é perceptível, porque quando se visualiza diferentes situações, geralmente não existe noção do que acontece. Por exemplo, quando observo uma pintura, logo imagino que ali estão presentes metais e pigmentos, entre outros elementos. A reação semelhante ocorre quando contemplo o céu e verifico que ele é azul. “A explicação por trás deste fenômeno vem da forma como a luz se espalha pelas moléculas na atmosfera. É a luz azul — que tem o comprimento mais curto — que se espalha mais por essas pequenas partículas, o que leva à coloração azulada que observamos”, comenta.

A professora também revela que, sua atuação profissional junto ao SAMAE lhe possibilita unir o útil ao agradável, agregando teoria e prática ao ensinar os estudantes sobre temas como processos químicos e funcionamento das estações de tratamento de água e esgoto (ETA´s e ETE’s).
Fernanda Fernandes concluiu o curso Técnico em Química, depois formou-se em Química Industrial; licenciou-se em Química com Habilitação em Física pela Unisul de Tubarão, fez pós-graduação com Habilitação em Física nas Faculdades Integradas de Jacarepaguá e está na fase final do curso de graduação em Pedagogia na Uninter.

Enfim, apresentamos três histórias, diferentes realidades, épocas distintas e um fator em comum: o amor pela educação!

Outras Notícias