Notícias

Estudantes fazem visita técnica nas estações de tratamento

EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Estudantes realizam visita técnica às estações tratamento de água e do esgoto do SAMAE

Araranguá

Nesta sexta-feira, dia 5, estudantes da turma de 2º ano da Escola Sesc Araranguá e do CRiar Sesc alunos participaram de uma atividade pedagógica multidisciplinar, que possibilitou trocar, por instantes, as salas de aula pela visita ao Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE).
Orientados pelas professoras e recepcionados pelo operador de ETA, Gilvanir Trento Tristão, a técnica em saneamento ambiental, Bruna Inácio Nazário e a química Fernanda Fernandes, os jovens receberam informações, esclareceram dúvidas, e expandiram conhecimentos. “Esta interação com a classe escolar já é tradicional, porém em consequência da pandemia houve uma suspensão das atividades. Agora, no entanto, de maneira gradual, este projeto está retornando, o que é motivo de alegria para instrutores, estudantes e professores”, destaca Fernanda Fernandes.

Além de conferir de que forma funciona a Estação de Tratamento de Água do Belinzoni e a Estação de Tratamento de Esgoto do Bairro Urussanguinha, os estudantes receberam orientações referentes a importância da água, da preservação do meio ambiente e da ímpar natureza existente em Araranguá. Também fornecemos cartilhas impressas sobre educação sócio ambiental, bem como copos de água de 200 ml cada, que são envasados pelo SAMAE. “Um dos temas apresentados alertou que os esgotos não coletados são destinados a fossas rudimentares ou negras, a redes de águas pluviais ou sarjetas, diretamente no solo ou em corpos d’água, o que acaba contaminando rios, mares e reservas de água subterrânea. Assim, é importante providenciar – onde a estrutura estiver disponibilizada - a ligação das residências, empresas, indústrias ou estabelecimentos comerciais na rede de esgoto. Todos podemos contribuir para a proteção das matas ciliares, a limpeza dos rios, o retorno dos animais aos seus habitats naturais e o equilíbrio dos ecossistemas”, observou.

A visitação dos estudantes as ETA’s e ETE’s integra o Projeto SAMAE na Escola, desenvolvido com sucesso pela autarquia desde 2014 e que atualmente tem a coordenação de Paula Rezena

Outras Notícias