Notícias

SAMAE de Araranguá realiza lançamento do ‘Nosso Parque Belinzoni’

A direção do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Araranguá (SAMAE) reuniu na noite de segunda-feira, dia 29, imprensa, autoridades e representantes de entidades, para o lançamento do Projeto ‘Nosso Parque Belinzoni’. Devido à pandemia a autarquia promoveu um evento pequeno, seguindo as normas de distanciamento e disponibilizou álcool em gel, máscaras e luvas aos convidados. 


O objetivo do evento foi detalhar aos convidados o que o projeto contempla, e salientar todo cuidado que a autarquia está tendo com a revitalização do espaço. 


 


Parque Belinzoni


 


O Açude Belinzoni é considerado um aquário natural de Araranguá e é dele que sai a água que abastece cerca de 70% da área urbana do município. Sabendo da importância que o açude tem para a cidade, o SAMAE, vem realizando um trabalho de preservação em todo o parque.


 


A atual gestão levantou a bandeira de criar um parque público no espaço, assim a direção do SAMAE solicitou ao arquiteto Diego Daniel a elaboração de um projeto ecológico e sustentável, que contemplasse a natureza que o local já oferece. Assim nasceu o Projeto Nosso Parque Belinzoni. “Não criamos algo novo, mas lapidamos o que já tem. O desenho orgânico foi inspirado nas formas da própria natureza e nas nascentes d’água que existem no lugar”, disse.


 


O arquiteto explicou que o projeto foi dividido em três setores:  Setor A (Norte – Rua Abílio Pereira de Souza), Setor B (Leste – Rua Turvo), Setor C (Sul – Rua Timbé do Sul) e setor de transição que contemplará percurso para caminhada de 3.135m, 02 parques infantis, 6 banheiros, 02 chafarizes, 01 playground aquático, 02 academias ao ar livre, 02 espelhos d’água, quadra esportiva e 06 quiosques. 


 


O engenheiro ambiental Jonatan Piazzoli, da empresa Engep, realizou um estudo do local e relatou que foram retiradas do parque 300 árvores exóticas (Pinnus) e o parque receberá 500 novas mudas de plantas nativas e frutíferas. “Com esse novo reflorestamento vamos conseguir atrair toda fauna que existia antigamente no local”, falou. 


 


O diretor da FAMA, Luiz Leme, informou que o Código Ambiental de Araranguá, no seu artigo 131, assevera que é proibido plantar pinus ou eucaliptos nos espaços urbanos. “A FAMA acompanhou a retirada da árvores, contatou tratar-se de espécies exóticas, que podem causar problemas graves ao local, como secar as nascentes, além disso, tem auto poder de distribuição e automaticamente não serve para a fauna, porque não tem frutos comestíveis. E tem ainda risco de incêndio em área densamente povoada”, esclareceu Luiz. 


 


Apresentação


 


O anfitrião da noite, diretor do Samae, José Hilson Sasso, explicou que em 2001 a autarquia já havia adquirido 11 hectares da área. Já na sua gestão, em 2017 o SAMAE comprou uma área do Parque Belinzoni de 14.520,00m², visando a preservação do local, que disponibiliza uma das águas mais puras do estado e conta com cinco nascentes. 


 


A direção do SAMAE era cobrada pela população para que o local fosse revitalizado, já que o espaço estava abandonado, com isso o diretor do SAMAE, com o aval do prefeito Mariano Mazzuco iniciou o processo de revitalização do parque. “Iniciamos com o fechamento do parque, com muros, grades, telas, com portais e calçadas. Uma empresa foi contratada e está fazendo este trabalho, que será concluído nos próximos meses”, detalhou. Os valores que serão investidos neste primeiro momento é de R$ 1.449.802,98. 


 


Sasso encerrou sua fala chamando um vídeo, onde o projeto foi apresentado, mostrado cada detalhe do espaço. O audiovisual foi muito comentado e aplaudido pelos convidados. “O projeto “Nosso Parque Belinzoni” é grandioso, inovador e desafiador, e a atual gestão acredita que Araranguá merece um espaço para contemplar a família, o turismo e agregar ao desenvolvimento da cidade. Estamos plantando essa ideia e estamos certos que os futuros administradores absorvam a importância desse parque para todos e coloquem em prática tudo o que o projeto contempla”, concluiu o diretor do Samae. 


 


O prefeito Mariano Mazzuco e o presidente da Câmara de Vereadores, Daniel Viriatto, parabenizaram o SAMAE e os profissionais envolvidos pela grandiosidade do projeto. Salientaram que Araranguá merece ter um espaço para a família desfrutar de bons momentos em meio a natureza. 


 


 


Presença


Estiveram presentes no evento o presidente da CDL de Araranguá, Everaldo Apolinário João, presidente da Subseção da OAB de Araranguá, Laercio Machado Junior, Maria Alice Aguiar Secretária de Assistência Social e Habitação de Araranguá, vereadores Neno Fontoura e Tubinho, procurador do Samae, Marco Alborghetti, diretor financeiro do Samae, Loreni Pereira da Luz, engenheiros do Samae Mario Copetti e Everson Casagrande, contador Vanoir do Canto. 


  


 

Outras Notícias