Notícias

E.E.B. Dolvina Leite de Medeiros recebe projeto “Samae na Escola”

Alunos do 1º, 2º e 3º ano da Escola de Educação Básica Dolvina Leite de Medeiros receberam na manhã desta segunda-feira, 08, o Operador de Estação de Tratamento de Água do Samae, Diogo Soares Fonseca.


Os estudantes estão aprendendo em sala de aula conteúdos como a importância de economizar este recurso natural e Diogo Fonseca, através do projeto “Samae na Escola”, foi contribuir, explicando de onde vem a água do município, o que é água potável, como funcionam as Estações de Tratamento de Água, quais as características da água, bem como a importância de usá-la com consciência.


Além disso, a prática de jogar lixo nas lixeiras também foi debatida. “É importante que as crianças tenham consciência, desde cedo, sobre a importância de economizar água e cuidar do planeta. O destino correto do lixo, poluição e economia da água, são assuntos que estão sendo explicados em sala, a vinda do palestrante veio somar, de forma muito positiva, com o aprendizado dos alunos”, afirmou a professora Adelir Teixeira.


As professoras Márcia Seixas e Priscila da Rocha Anastácio Macarini, também ficaram empolgadas com o resultado da ação. “Os alunos interagiram bastante, fizeram várias perguntas, foi uma manhã muito produtiva, de muito aprendizado”, destacou Priscila.


Aproximadamente 60 alunos participaram da atividade. Além de conhecimento, eles receberam folders com dicas de como economizar água, sobre limpeza de caixa d´água, água de qualidade, tratamento de água e um copinho com água do Samae, lembrando que a água fornecida é de qualidade.


A iniciativa do projeto “Samae na Escola” é decorrente de um trabalho da faculdade de História de Diogo. O projeto começou a ser implantado no município e objetivo é estar presente nas escolas. “É  importante sair das dependências do Samae, levar informações e conhecimentos para a população. Quando o Samae vai até uma instituição educativa, a importância e a responsabilidade são ainda maiores, porque os alunos são questionadores e curiosos, então, falar sobre a riqueza e da qualidade da água do nosso município torna-se um compromisso ainda maior”, ressalta o diretor Geral do Samae, Everson Casagrande.


 


Os alunos do período vespertino, dos três anos iniciais do ensino fundamental, terão esta mesma oportunidade na terça-feira, a partir das 16 horas. As escolas que tiverem interesse em participar do projeto, devem fazer o agendamento pelo telefone do Samae (48) 35240837. 

Outras Notícias