Notícias

Ligação irregular na rede de esgoto causa danos à saúde e meio ambiente

SANEAMENTO
Ligação irregular na rede de esgoto causa danos à saúde e meio ambiente

Araranguá

Sabe aquele mau cheiro, refluxo do esgoto nas vias públicas e até mesmo o seu retorno para dentro das casas? São situações comuns no período de chuvas e que podem ocorrer quando as ligações entre a rede de esgoto e de drenagem de água pluvial são mal feitas ou clandestinas. O descuido com a interligação indevida traz riscos para a saúde da comunidade e do meio ambiente.

As redes que conectam sua casa ao sistema de saneamento têm papel fundamental e quando essa separação não é respeitada, a infraestrutura preparada para receber a água da chuva e o esgoto do município é prejudicada. “Temos um compromisso com a sustentabilidade dos nossos mananciais. É importante que o cliente siga o que determina a legislação, que proíbe o despejo incorreto de água pluvial evitando a sobrecarga na rede coletora de esgoto. Esse decreto foi criado principalmente para que a estrutura de tratamento de esgoto não seja comprometida e para evitar maiores transtornos à população”, destaca o diretor geral do SAMAE, Jairo do Canto Costa, Jairinho.

Já a água das chuvas, coletada pelos telhados e ralos dentro das residências, deve ser interligada diretamente às sarjetas que seguem para a boca de lobo e que, por sua vez, desemboca nos rios. A separação correta das redes, contribui para que não cause problemas nas vias públicas, como também ajuda evitar doenças – afinal, o esgoto sem tratamento traz risco à saúde – e tem impacto positivo para o meio ambiente. “Com as conexões corretas nos sistemas, evitamos que resíduos e materiais indevidos acabem indo parar nos rios”, explica Jairo.
Os resíduos são divididos em três tipos diferentes: os que vêm das residências formam os esgotos domésticos, os das águas da chuva são chamados de esgotos pluviais e os formados em fábricas recebem o nome de esgotos industriais.
Cada tipo possui substâncias diferentes, e são necessários sistemas específicos para o tratamento dos resíduos. Os sistemas de coleta e tratamento de esgotos são importantes para a saúde pública porque evitam a contaminação e transmissão de doenças, além de preservar o meio ambiente.

A ligação da rede de esgoto é obrigatória, conforme estabelece a Lei Federal nº 11.445/07, também conhecida como Lei do Saneamento Básico.
Aqueles que não respeitam a legislação estão sujeitos à penalidade de multa.

Para maiores informações, os clientes podem comparecer diretamente na sede do SAMAE – Rua Expedicionário Iracy Luchina, nº711, Bairro Urussanguinha, pelo WhatsApp: 991163511, ou por meio do fone de plantão: 3524-0837.

Danos que podem ocorrer:
- Rompimento da tubulação
- Extravasamento do esgoto nas ruas e nos imóveis
- Entupimento do esgoto sanitário
- Mau cheiro
- Danos ambientais
- Transmissão de doenças via água contaminada

Cuidados importantes:
- Faça a destinação correta dos resíduos sanitários
- Limpe as caixas de gordura e descarte o óleo de cozinha de forma adequada
- Evite jogar na rede restos de comida, bitucas de cigarro, absorventes, fio dental, preservativos, pedaços de pano ou papel.

Outras Notícias